This article was first published in English here.

Esta lista tem circulado na internet pelo menos desde 2005. Mas caso você tenha perdido, aqui estão as dez principais razões pelas quais os homens não devem ser ordenados ao ministério. Esta lista perspicaz e satírica foi compilada pelo falecido Dr. David M. Scholer, ex-professor do Novo Testamento no Fuller Theological Seminary. Aprecie:

10 reasons why men should not be ordained10. Lugar de homem é no exército.

9. Para homens que têm filhos, seus ocupações podem afastá-los das responsabilidades de pai.

8. Sua constituição física indica que os homens são mais adequados para tarefas como derrubar árvores e lutar contra leões da montanha. Seria “antinatural” para eles fazerem outras formas de atividade.

7. O homem foi criado antes da mulher. Portanto, é óbvio que o homem foi um protótipo. Assim, eles representam um experimento, e não o apogeu da criação.

6. Os homens são muito emotivos para serem padres ou pastores. Isto é facilmente demonstrado pela sua conduta em jogos de futebol e assistindo a torneios de basquete.

5. Alguns homens são bonitos; eles vão desviar a atenção das fiéis.

4. Um pastor ordenado deve cuidar da congregação. Mas este não é um papel masculino tradicional. Em vez disso, ao longo da história, as mulheres têm sido consideradas não apenas mais habilidosas do que os homens em cuidar, mas também mais freqüentemente dispostas. Isso as torna a escolha óbvia para a ordenação.

3. Os homens são excessivamente propensos à violência. Nenhum homem realmente viril quer resolver disputas por outros meios além de lutar por isso. Assim, eles seriam maus modelos, também perigosamente instáveis ​​em posições de liderança.

2. Os homens ainda podem estar envolvidos nas atividades da igreja, mesmo sem serem ordenados. Eles podem varrer o chão, consertar o telhado da igreja e talvez até liderar o coral no Dia dos Pais. Limitando-se a esses papéis masculinos tradicionais, eles ainda podem ser de vital importância na vida da Igreja.

1. No relato do Novo Testamento, a pessoa que traiu Jesus era um homem. Assim, sua falta de fé e punição resultante permanece como um símbolo da posição subordinada que todos os homens devem assumir.

Traduzido por Orlando Paulo Correia Reimão

Mais artigos em português aqui.

artigos em portugues sobre igualdade entre homens e mulheres no lar e na igreja

Compartilhar!